A principal diferença entre os diferentes pavimentos e a sua adequação para uso com o sistema é a condutividade térmica do material, ou seja, com que rapidez e eficiência o calor gerado é transferido para a superfície do piso. Os melhores pavimentos para piso radiante são os que possuem uma boa condutividade, uma vez que aquecem mais rapidamente, fornecem mais potência de calor e são mais eficientes. No entanto, isto não significa que materiais menos condutivos não possam ser usados com o piso radiante.

Floor Types compatible with underfloor heating

O melhor tipo de pavimento para usar com piso radiante é a tijoleira e o granito. No entanto, um sistema de aquecimento radiante compatível pode ser encontrado para quase todos os tipos de pavimento. Pavimentos adequados incluem:

  • Tijoleira, Granito e Betão Polido
  • Madeira e Derivados de Madeira
  • Laminados
  • Vinil 
  • Alcatifa
  • Borracha

Quer esteja a remodelar ou a escolher pavimentos para uma nova construção, descrevemos neste artigo o que precisa saber sobre os diferentes tipos de pavimento para piso radiante.

TIPOS DE PAVIMENTO

O piso radiante pode ser usado em qualquer piso. A única diferença entre que pavimento usar com um sistema de piso radiante é a condutividade térmica do material.

TIJOLEIRA, GRANITO E BETÃO POLIDO

Os melhores tipos de pavimento para se usar com piso radiante são a tijoleira e o granito. Estes pavimentos têm alta condutividade térmica, o que significa que o calor de um cabo ou tubo de aquecimento é transferido rapidamente para a superfície do piso. A tijoleira e o granito também retêm o calor, tornando o sistema eficiente. Devido às excelentes propriedades térmicas, a tijoleira e o granito são ideais para uso com piso radiante em áreas de alta perda de calor. Eles podem ser aquecidos até 29°C ou mais, proporcionando uma alta produção de calor de até 200W/m².

A espessura da tijoleira e do granito tem pouco impacto na saída de calor, mas aumenta um pouco o tempo de aquecimento; assim sendo, recomenda-se uma espessura máxima de 20mm quando se procura um sistema altamente eficiente.

tile stone and polished screed flooring for underfloor heating

Tijoleira e granito são altamente condutivos, tornando-os o melhor pavimento para usar com piso radiante.

Tijoleira e granito

  • O melhor material para usar com piso radiante
  • Excelentes propriedades de transferência de calor e perfil fino
  • Fácil de manter limpo

Betão polido

  • Altamente condutor, permitindo um rápido aquecimento
  • Adequado para uso com piso radiante elétrico e hidráulico

Ardósia e laje

  • Naturalmente um bom condutor e ótimo com piso radiante
  • Pavimento resistente, ideal para grandes áreas

Mármore

  • Boa condutividade térmica, mas tempo de aquecimento menos rápido

Dicas de instalação: piso radiante com tijoleira e granito

  • Deve usar um adesivo flexível de qualidade ao instalar o piso radiante com tijoleira.
  • Ao instalar o sistema num contrapiso de betão, use sempre isolamento.

MADEIRA E DERIVADOS DE MADEIRA

Diferentes tipos de pavimentos de madeira têm propriedades térmicas diferentes, pelo que existem diferenças na sua adequação para utilização com um sistema de piso radiante. Quanto mais densas e finas forem as tábuas, melhor será a sua condutividade e mais adequadas para uso com piso radiante.

Derivados de madeira é o melhor tipo de pavimento de madeira para usar com um sistema de piso radiante, uma vez que funciona bem com as mudanças de temperatura. Outros pavimentos de madeira também podem ser utilizados, porém, com madeiras macias e de baixa densidade deve ser observada a espessura, de modo que as tábuas não atuem como um isolante, bloqueando o calor. Como regra geral para o pavimento de madeira, a temperatura da superfície do piso não deve exceder os 27°C.

O aquecimento do piso altera o teor de humidade da madeira, logo, deve escolher um pavimento de madeira que possa adaptar-se às mudanças da temperatura do piso sem alterar a aparência. Derivados de madeira tendem a funcionar melhor com aquecimento radiante, mas certifique-se sempre junto do fabricante do pavimento sobre a sua adequação para uso com piso radiante.

wood flooring for underfloor heating

O piso radiante pode ser usado com diferentes tipos de pavimentos de madeira, mas deve-se prestar atenção à espessura das tábuas para que elas não atuem como um isolante, bloqueando o calor.

Derivados de madeira

O melhor piso de madeira para usar com piso radiante. Funciona bem com a mudança de temperatura do piso e adapta-se à humidade variável.

Madeira sólida

Propensa a alterações de humidade e temperatura que podem resultar em rachaduras e lacunas. É preciso ter cuidado se considerar o uso com piso radiante para garantir compatibilidade e alta saída de calor – certifique-se sempre junto do fabricante sobre a sua adequação para uso com piso radiante.

Madeira macia

Adequada para uso com piso radiante, mas deve-se prestar atenção à espessura das tábuas para garantir uma saída de calor suficientemente alta.

Parquet

Disponível quer em madeira sólida quer em derivados de madeira, a maioria dos tipos são adequados para uso com piso radiante.

Bambu

Semelhante aos derivados de madeira na sua estrutura e, como é um bom condutor de calor, é perfeito para uso com piso radiante.

Dicas de instalação: piso radiante com pavimento de madeira

A madeira é um material natural que é afetado pela humidade do ambiente. Por isso, é importante garantir o teor correto de humidade no pavimento de madeira durante a instalação e o ciclo de aquecimento correto ao instalar o piso radiante.

Os derivados de madeira pode ser colocados diretamente sobre o piso radiante com piso flutuante ou sistemas de tábuas/traves. Placas com menos de 20mm de espessura devem ser apoiadas e fixadas para fornecer suporte estrutural adequado. Recomenda-se a utilização de um revestimento com resistência térmica baixa ao instalar as placas sobre o betão.

LAMINADOS

Este piso sintético simula a madeira e oferece um pavimento resistente a manchas e riscos. É fácil de instalar e é uma solução económica. A maioria dos laminados é adequada para uso com piso radiante, mas é aconselhável certificar-se junto do fabricante do pavimento antes de instalar o sistema.

VINIL

O pavimento de vinil pode ser usado com segurança com piso radiante. O vinil aquece e esfria rapidamente. Os pavimentos de vinil estão sujeitos a uma restrição de temperatura máxima, geralmente de 27°C, limitando a saída de calor;  logo, eles não são recomendados em áreas de alta perda de calor, como jardins de Inverno mais antigos.

BORRACHA

A borracha pode ser usada com piso radiante. O pavimento de borracha sólida é geralmente muito condutor, fazendo com que aqueça rapidamente o ambiente. Certifique-se sempre junto do fabricante para garantir a sua adequação para uso com piso radiante.

ALCATIFA

A alcatifa é adequada para uso com piso radiante, desde que o material da alcatifa não atue como um isolante, bloqueando o calor. O valor da resistência térmica de todos os materiais da alcatifa não deve exceder os 2.5 tog para que o sistema forneça saída de calor suficiente.
carpet flooring for underfloor heating
O pavimento laminado e a alcatifa são adequados para uso com piso radiante, mas deve garantir que o valor da resistência térmica de todos os materiais da alcatifa não exceda 2,5 tog para que o sistema forneça saída de calor suficiente.

TEMPO DE AQUECIMENTO DE DIFERENTES PAVIMENTOS

A escolha do material do pavimento afeta o tempo de aquecimento, já que cada material tem massa e condutividade térmicas diferentes. Quanto menor a massa térmica e maior a condutividade, mais rápidamente o calor de um cabo/tubo de aquecimento é transferido para a superfície do piso. No entanto, isto também significa que materiais com baixa massa térmica resfriam mais rápido do que materiais com alta massa térmica. A capacidade de resposta de um sistema pode ser melhorada usando placas de isolamento para promover a transferência do calor para o pavimento.

comparative heat-up times graph of different flooring materials for underfloor heating

IMPACTO DO MATERIAL DO PAVIMENTO NA SAÍDA DE CALOR

A escolha do pavimento afeta a saída máxima de calor do sistema, pois certos pavimentos têm uma restrição de temperatura máxima, limitando a saída de calor. A saída de calor de um sistema depende da área total do piso aquecido e das temperaturas do ar e do pavimento. Ela é influenciada pela alteração de qualquer um destes três fatores. Normalmente, é mais fácil mudar o pavimento, já que o tamanho da divisão e a temperatura de conforto já estão bem definidos.

É importante garantir que a saída de calor do pavimento seja superior à perda de calor da divisão. Como o gráfico abaixo ilustra, uma diferença de dois graus na temperatura do pavimento faz uma grande diferença na saída de calor. Assim, se o pavimento escolhido só puder ser aquecido a 27 °C, e isso não lhe der a saída de calor que necessita, pode beneficiar com a mudança para um tipo de pavimento que pode ser aquecido a 29 °C para proporcionar mais calor. Além disso, pode considerar adicionar sistemas de aquecimento complementares para garantir que o seu sistema vai de encontro às suas expectativas.

heat output and floor temperature chart for underfloor heating

A saída máxima de calor está diretamente ligada à temperatura do pavimento. O gráfico ilustra a saída máxima de calor de um sistema de piso radiante quando a temperatura ambiente desejada é de 21°C e a área aquecida é de 10 m².

Se está interessado nos sistemas de piso radiante, conheça a nossa gama de produtos de piso radiante para encontrar um sistema adequado para uso com o pavimento escolhido ou peça um orçamento gratuito aqui.